quarta-feira, 8 de abril de 2009

Teatro Cinema- Sin Sangre


Fui e adorei. Que proposta inusitada!!!!

Proposta diferente, o chamado teatro cinema faz confundir nossos olhos. Direção de Juan Carlos Zagal, mistura técnicas das mais diversas artes, incluindo a música, a literatura e as artes plásticas, para criar um espetáculo com a máxima liberdade.

Entramos no teatro e deparamos com uma enorme tela. Quando inicia a peça-filme, tem uma projeção ao fundo com uma mulher em primeiro plano no terraço . Essa mulher parece que está lá ao vivo e a cores. A projeção é muito boa que confunde mesmo nossos olhos. Na hora já fiz um comentário ao meu marido: "é de verdade ou não?"Com legendas, a peça prende nossos olhares do começo ao fim. Foram quase duas horas.

Assisti ao último dia de apresentação desta peça Sin Sangre, domingo, dia 05 de maio e faz parte do programa do SESC SP :"América em Recortes- O teatro Chileno em evidência". Duração 105 min. Veja a programação de outras peças que fazem parte da amostra aqui.


Em Sin Sangre, adaptação do livro do italiano Alessandro Baricco, a companhia chilena faz um teatro sem paredes, ao potencializar a encenação com recursos próprios do cinema como, por exemplo, o zoom e a edição de imagens. “A mistura das duas técnicas provoca confusão no espectador, que, a certa altura, não sabe mais o que é real e o que é filmado. Tudo passa a ser cinema tridimensional”, diz Zagal.


O espetáculo – que já esteve no México, na França e na China e após Curitiba, veio para São Paulo – é uma “tragédia urbana” que se passa em um país fictício, que poderia ser o Chile, o Brasil ou qualquer outro lugar onde as pessoas já tenham sofrido uma grande violência social causada, por exemplo, pela ditadura.
O uso do cinema serve para revelar a trajetória dos personagens ao longo de seis décadas de modo envolvente, como se a plateia entrasse em um túnel do tempo. “É uma viagem de tempo e espaço instantânea, pois não há mudança de cenografia. Podemos viajar com a fluência da literatura”.

7 comentários:

Katia Mine disse...

Ru, muito legal!!
bjinhos

JAPONAISE disse...

UAU! super interessante essa proposta....
Tentava imaginar a cena,enquanto vc explanava sobre.....tempo e espaço em movimento,num mesmo cenário!
Imperdível!numa próxima oportunidade,não?
bjs,
JAki

Bruno disse...

Eu assisti esta peça aqui em Curitiba e fiquei impressionado com o poder que os caras têm de mesclar as mais diversos formas de arte. Sem sombra de dúvida o melhor espetáculo de teatro que eu já assisti. E inclusive recomendo a todos que tiverem a oportunidade, é impressionante.

otavio100%te amo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudia Rumi disse...

Otávio, obrigada pelo comentário.
Não removi sua mensagem, mas li que vc tinha gostado da peça.
Achei interessante e criativa!!
bj
claudia

DIANA disse...

eu adorei o teatrocinema sin sangue

Claudia Rumi disse...

Bruno e Diana, vcs que podem compartilhar comigo a opinião dessa proposta desse cinema. Realmente achei MUUUUUITO legal!
bj
Claudia

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails